O Domingo

Publicado em 27/05/16, 21:06 Fuso horário de Brasília
DOMINGO IX TEMPO COMUM Ano C
“Diz uma palavra e o meu servo será curado.”  Lc 7, 7

A procura da felicidade é afirmada na Declaração de Independência norte-americana e inspira a sua Constituição, bem como muitas outras do mundo inteiro. Que isso seja mesmo proporcionado aos cidadãos é um desafio constante. Claro que os critérios de felicidade podem ser muitos, e subjetivos, e o egoísmo humano tende a considerar “a minha felicidade” mais importante e necessária do que “a dos outros”. Mas, se se provasse que não somos verdadeiramente felizes sem os outros? Leia mais»
_______________

Publicado em 14/05/16, 14:03 Fuso horário de Brasília
DOMINGO DE PENTECOSTES Ano C

“Soprou sobre eles e disse-lhes: «Recebei o Espírito Santo».” Jo 20, 22



Ando há dias à procura de palavras para falar do Espírito Santo que festejamos no Pentecostes deste domingo. E tudo me parece um balbuciar incoerente ou a repetição de “lugares comuns”. Faltam palavras para dizer a abundância de vida que Ele faz acontecer em tudo, e bastam estar um pouco atento para descobrir os seus frutos. Desses frutos S. Paulo apresenta nove na sua Carta aos Gálatas: “amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e autodomínio”. É verdade que o Catecismo apresenta uma lista tradicional de doze, e não poderíamos aumentar quase infinitamente esses frutos, como infinito é o dom de Deus a cada um? Leia mais»
_______________

Publicado em30/04/16, 17:46 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — O trabalho e as mães
DOMINGO VI DA PÁSCOA Ano C
“[O Espírito Santo] vos ensinará todas as coisas e vos recordará tudo o que Eu vos disse.”Jo 14, 26

 De tempos a tempos, a coincidência das datas une o dia do Trabalhador e o dia da Mãe no primeiro Domingo de maio. E ainda que haja a pena de “um feriado a menos” é uma coincidência interpeladora, pois quem melhor que as mães para nos dizerem: “tenho ainda tanto que fazer!”? Na verdade, mesmo com a maior colaboração entre sexos, e as responsabilidades partilhadas na vida familiar, será que nos atrevemos a “pesar” o trabalho de uma mãe ao longo de um dia, ou até da vida? Quando parece que já nada há mais para fazer lá descobrem mais uma coisa fora do lugar, e aquela tarefa que não pode ficar para mais tarde! Leia mais»
_______________

Publicado em 17/04/16, 16:03 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — Escutar, conhecer e seguir
DOMINGO IV DA PÁSCOA Ano C
“As minhas ovelhas escutam a minha voz. Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me.” Jo 10, 27
Quase tudo começa pela escuta. Como na criação, a palavra criou e encheu o vazio do nada com as multiformes expressões de vida. Escutar lembra-me os primeiros nove meses de crescimento no seio materno, e todas as vozes e ruídos que nos chegavam pelas nossas mães. Leia mais»
_______________


Publicado em 09/04/16, 22:16 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — “Não pescas nada…!”
DOMINGO III DA PÁSCOA Ano C

"«Lançai a rede para a direita do barco e encontrareis»." Jo 21, 6

Não é muito comum a expressão, mas, de vez em quando, lá a ouvimos ou dizemos a alguém que não está a perceber nada de um assunto. Ouvi-a estes dias quando pedi a um amigo para me explicar o imbróglio dos “Papéis do Panamá”. O que afinal “pesquei” foram duas constatações: “o dinheiro é capaz de perverter todos os valores”, e “mais cedo ou mais tarde tudo se vem, a saber”!  Leia mais»

_______________

Publicado em 19/03/16, 15:45 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — Voltar à Paixão
DOMINGO DE RAMOS

“Salva-te a Ti mesmo, e a nós também.”  Lc 23, 39

A importância do julgamento de Jesus foi recentemente sublinhada pelo professor Joseph Weiler, reitor do Instituto Universitário Europeu de Florença, numa conferência em Lisboa. Judeu praticante, afirmou que “Jesus morre inocentemente, porque estava só a fazer o que Deus lhe mandou fazer; por outro lado, o povo que o condena não está a cometer uma injustiça, porque estavam a fazer o que lhes tinha sido dito para fazer nesta circunstância”. Leia mais»
_______________

Publicado em 05/03/16, 11:06 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — Do Pai aos irmãos
DOMINGO IV QUARESMA Ano C


“Este teu irmão estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi reencontrado.” Lc 15, 32

Ultrapassando os nomes de Deus que o Antigo Testamento tinha apresentado, muitos deles com imagens bélicas como “Senhor dos Exércitos”, Jesus ousa chamá-l’O “Pai” (e ensina-nos a fazer do mesmo modo!). “Abba”, em aramaico, exprime proximidade e afeto, e quase poderia traduzir-se por “Paizinho”! Não se prendendo a questões de gênero, esta parábola do pai e dos dois filhos, pai, esse, que Rembrandt pintou com uma mão masculina e outra feminina, envolve-nos num amor-misericórdia que sempre nos interpela. Leia mais»
_______________


Publicado em 26/02/16, 14:38 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — O risco de salvar
DOMINGO III QUARESMA Ano C

"Deixa-a ficar ainda este ano, que eu, entretanto, vou cavar-lhe em volta e deitar-lhe adubo. Talvez venha a dar frutos”. Lc 13, 8-9

Perante qualquer mal procuramos sempre uma causa e, se possível, um culpado. Muitas vezes gastamos demasiadas energias nessa procura, quase deixando de lado o cuidado de quem sofre o reerguer daquilo que foi destruído. Ficamos mais presos ao “quem” e ao “por que” do que ao “para quê” e “para onde”! Não há respostas fáceis para o doloroso mistério do mal e para o sofrimento.  Leia mais»
_______________

Publicado em 21/02/16, 09:06 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — A voz e a escuta
DOMINGO II QUARESMA Ano C

“Da nuvem saiu uma voz, que dizia: «Este é o meu Filho, o meu Eleito: escutai-O».” Lc 9, 35


Aprendemos cedo a diferença entre ouvir e escutar. Como não é a mesma coisa existir e viver. A primeira existe por si própria, é um som que se propaga e entra pelos ouvidos, é a constatação de um fato. A segunda implica uma abertura de coração e de pensamento, um projeto e um sentido que se abraçam. Leia mais»

_______________

Publicado em 22/01/16, 14:28 Fuso horário de Brasília
À PROCURA DA PALAVRA — Das origens ao “hoje”
DOMINGO III COMUM Ano C

"Cumpriu-se hoje mesmo esta passagem da Escritura que acabais de ouvir." Lc 4, 21

Contabilizar o número de pessoas que emigram, ou, dolorosamente, fogem da miséria e da guerra em busca de uma vida digna longe das suas origens não é tarefa fácil. Milhares? Milhões? Ao sabor das ondas noticiosas são lembradas de vez em quando. Não introduzo este tema por ter soluções mágicas, mas porque as origens, a “terra” em que nascemos e crescemos tem sempre alguma importância. Leia mais»

Disqus for Peque Monge Agostiniano